É fato: a maior parcela dos homens costuma procurar o médico apenas quando apresenta algum sintoma. Ainda assim, alguns só vão com alguma insistência por parte de uma mulher, seja ela mãe, filha ou esposa. Fazer um check-up é a melhor forma de prevenir doenças e evitar que sejam tratadas apenas em estágios mais avançados.


Em todas as faixas etárias o urologista deve ser consultado. Por exemplo, ainda criança pode ser necessário realizar uma consulta para detectar a possibilidade de fimose no pênis. Na adolescência, o médico é indicado para avaliar o desenvolvimento dos órgãos genitais, falar sobre prevenção e tratamento de DSTs e disfunções miccionais. A partir dos 20 anos, além de continuar a prevenção ou tratamento de DSTs, se inicia a prevenção contra o câncer de testículo. 


Aos 40, o homem deve ir anualmente ao urologista, já que é necessário iniciar a prevenção contra o câncer de próstata. A doença possui 90% de chances de cura se diagnosticada em seus estágios iniciais, porém, por conta de todo o preconceito que existe em relação ao exame de toque, ela é a segunda maior causa de óbito por câncer na população masculina. 


Enfim, a partir dos 50, além de manter a prevenção contra o câncer, o médico pode auxiliar em problemas comuns da idade, como crescimento da próstata, problemas na bexiga, rins e disfunções sexuais. 


Quanto antes qualquer doença for identificada, menor tende a ser sua gravidade, maiores são as opções de tratamento e melhor a recuperação. Consulte seu médico regularmente para um check-up!

Uma campanha do

Apoio Financeiro

Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados para Instituto Lado A Lado Pela Vida

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram